.posts recentes

. MILÃO E IZMIR, DUAS FERVE...

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

Terça-feira, 25 de Março de 2008

MILÃO E IZMIR, DUAS FERVEROSAS CANDIDATAS À EXPOSIÇÃO UNIVERSAL DE 2015. RESULTADOS, AINDA, ESTE MÊS

 

 

DEVERÁ A TURQUIA INTEGRAR

O ACTUAL FORMATO DA UNIÃO EUROPEIA ?

 

ISLÃO E OCIDENTE

EM BUSCA DE ENTENDIMENTO !

 

 

   Os SurrealHumanity, neste dia de Páscoa, certamente uma data memorável para os cristãos de todo o mundo, vêem recordar as palavras, sempre doutas, do Apóstolo São Paulo aos Colossenses : "Afeiçoai-vos às coisas do alto e não às da terra" ( cf. Col 3 , 1 - 4 ).

 

    A propósito, valeria a pena recomendar a leitua atenta da Carta Encíclica "Spe Salvi" do Sumo Pontífice Bento XVI. De facto, como bem no-lo recorda Sua Santidade, "SPE SALVI facti sumus " - é na esperança que fomos salvos: diz São Paulo aos Romanos e a nós também ( Rm  8 , 24 ).

 

    Ou, no seu lugar, meditar sobre o final da Mensagem Urbi et Orbi, proclamada pelo Papa Benedictus XVI : "Como não pensar neste momento, de modo particular, em algumas regiões africanas, tais como o Darfur e a Somália; no atormentado Oriente Médio, especialmente na Terra Santa, no Iraque, no Líbano, em enfim no Tibete, regiões para as quais faço votos por que se encontrem soluções que salvaguardem o bem e a paz!"

 

    Também não serão de olvidar a visita do Papa Bento XVI à Turquia e, muito menos, as recentes declarações vindas a lume, - supostamente da autoria do comando supremo das operações da Al Qaeda, Osama Bin Laden - mediante as quais a Igreja Católica é acusada de cúmplice "na perseguição aos muçulmanos".

 

 

 

     Felizmente, um vídeo, recentemente, produzido e passado nos mais diversos meios de comunicação social,  - cujo cenário de fundo envolve um jogo de futebol - vem demonstrar que o mundo islâmico se encontra longe de subscrever as invectivas de terror apregoadas ; no fundo, todos o sabemos, o Islão é, também, uma religião defensora da paz entre os povos - por isso, deixemo-nos de contendas.

 

    Neste ano em que se comemoram os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos do Homem e, outros tantos, do nascimento oficial do Estado de Israel, seria desejável encontrar uma definitiva solução de paz, para a região israelo-palestiniana. Chega de diásporas forçadas pela imposição das armas. Chega ! A cada um a sua páscoa ...

 

    Ora, se o Kosovo declarou, há coisa de bem pouco tempo, de forma unilateral, a independência em relação ao domínio sérvio, talvez fosse, igualmente, interessante que a China encontrasse uma "solução criativa"  para o Tibete, e o mesmo para Tawain ; já agora, que os Estados Unidos da América saneassem, de vez, a questão quente iraquiana, mediante uma concessão "inteligente" da desejada autonomia e que, por seu lado, a província do Curdistão deixasse de ser motivo de múltiplas cobiças usurpadoras, seja da parte do Iraque ou do Irão, seja da parte da própria Turquia.

 

     Ora, fiquemos, em seguida, com um excerto de um comunicado oficial, a cargo do Presidente do Conselho Pontíficio para o Diálogo Inter-Religioso, Sua Eminência o Cardeal Jean-Louis Tauran, sob a pena do seu Secretário, Sua Exma. Rev. o  Arcebispo Pier Luigi Celata - que, agora, passamos a transcrever :

 

    " (...) A liberdade de religião, que não se reduz à simples liberdade de culto, é um dos aspectos essenciais da liberdade de consciência, que é o propósito de toda a pessoa e que é a pedra de toque dos direitos humanos. É tendo isto em consideração que poderá ser edificada uma cultura de paz e de solidariedade entre os homens, e que todos poderão empenhar-se com determinação tendo em vista a construção de uma sociedade sempre mais fraterna, fazendo tudo o que está ao seu alcance para recusar a violência, seja ela qual for, para denunciar e para recusar todo o recurso à violência, que não poderá nunca ter motivos religiosos, pois fere no homem a imagem de Deus. Todos sabemos que a violência, em particular o terrorismo que agride cegamente e que faz numerosas vítimas sobretudo entre inocentes, é incapaz de resolver os conflitos, e que só pode suscitar a engrenagem mortífera do ódio destruidor, em detrimento do homem e das sociedades.

 

    Todos juntos, membros de tradições religiosas diferentes, somos chamados a difundir um ensino que honre toda a criatura humana, uma mensagem de amor entre as pessoas e entre os povos. Cabe-nos em particular formar neste espírito as jovens gerações, que terão a seu cargo o mundo de amanhã.

 

      Neste espírito, é preciso considerar importantes a prossecução e a intensificação do diálogo entre Cristãos e Muçulmanos, na sua dimensão educativa e cultural, para que se mobilizem todas as forças ao serviço do homem e da humanidade, para que as jovens gerações não se organizem em grupos culturais ou religiosos uns contra os outros, mas se tornem autênticos irmãos e irmãs em humanidade. O diálogo é um instrumento que nos pode ajudar a sair da espiral sem fim de conflitos e tensões múltiplos que atravessam as nossas sociedades, para que todos os povos possam viver na serenidade na paz, no respeito mútuo e no bom entendimento entre os seus diferentes elementos.

 

   A educação e o exemplo serão também para eles fonte de esperança no futuro. (...)"

    

     Depois destas palavras eivadas de sabedoria, acreditamos que tudo está dito - e bem dito. Quanto a nós, Surreal do Externato de Nossa Senhora dos Remédios do Tortosendo, acérrimos defensores do ecumenismo e do diálogo inter-religioso e intercultural, naturalmente que subscrevemos, na íntegra, estes Altos Dignatários da Igreja Católica : urge, a começar, precocemente, nas escolas, por incutir, neste novo reticulado global, uma ampla formação de base no que às diferentes concepções religiosas e culturais se refere - aliás, é esta, também, a leitura que a Unesco e a Aliança para as Civilizações fazem  ( a presente leitura não dispensa a consulta dos documentos abaixo mencionados, em epígrafe ).

      

 

       Oportuno é dar-vos a conhecer uma, ainda, recente, mas não por isso menos interessante, iniciativa da parte das duas cúpulas religiosas, precisamente, neste particular sentido. Terá sido por este motivo que, do lado dos grupos filiados ao terror, se procurou radicalizar o discurso, ao longo destes últimos dias ?

              Deixamos a questão em aberto, para a posteridade ...

      O Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-Religioso (CPDIR), do Vaticano, anunciou, no passado dia 5, a criação de um Fórum católico-muçulmano, com o objectivo de promover o diálogo entre os fiéis das duas religiões. Num comunicado oficial,  a preceito, o CPDIR revelou, também, que a primeira iniciativa deste Fórum será a organização de um Seminário, de 4 a 6 de Novembro de 2008, sobre o tema “Amor a Deus, amor ao próximo”.

     De modo que, em jeito de glosa, compete-nos afirmar, sem rodeios, que somos apologistas convictos da entrada da Turquia no espaço da União ; como é evidente, desde que, da parte dos seus máximos representantes, haja suficiente abertura aos valores charneira da Europa ... 

                                                       Epígrafe ao Post de hoje :

 

    Os Surreal prometem continuar esta saga de aproximação ao Islão, no decorrer dos seus próximos posts ... Amanhã, por exemplo, faremos o contraponto entre as candidaturas de Milão e de Izmir - uma cidade turca, menos conhecida do grande público, sobretudo quando comparada à imortal Milão, rica em tradições e múltiplas experiências de encontros entre diferentes religiões, com um espírito de abertura ao mundo ocidental digno de registo - à Exposição Universal de 2015 .

 

 

 

      Os resultados destes processos de candidatura estão, por esta altura, a ser criteriosamente analisados e, segundo fonte creditada, serão dados a conhecer lá para o final do corrente mês ...

 

 

 

( cf. MENSAGEM URBI ET ORBI, PÁSCOA 2008,  de SUA SANTIDADE BENTO XVI , Libreria Editrice Vaticana

 

cf. Islamic Conference Youth Forum for Dialogue and Cooperation, de 28 de Outubro a 2 de Novembro de 2007, em Baku, no Azerbeijão, Jorge Sampaio

 

    cf. Entrevista sobre a Educação e o Ensino do Diálogo Intercultural e Inter-religioso, promovida pelo Departamento do Diálogo Intercultural da Unesco, no âmbito do Programa do Diálogo Inter-religioso, de 1999 a 2001 ).

 

sinto-me: COM VONTADE DE DIALOGAR !
publicado por $urrealHumanity às 17:17
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds